Defensor Oficioso

Um blog realizado no âmbito do patrocínio oficioso, na modalidade de dispensa total de taxa de justiça e demais encargos com o processo, (in)dependentemente de juízo sobre a existência de fundamento legal da pretensão…

Nome:
Localização: Coimbra, Portugal

CONTACTO OFICIOSO

03 março 2007

FALHOU

Ao fim de treze meses os accionistas disseram não. Duas horas e meia depois de ter começado uma das mais marcantes assembleias gerais da Portugal Telecom, caía por terra a Oferta Pública de Aquisição (OPA) lançada pela Sonaecom, com 46,58% do capital presente a chumbar a desblindagem dos estatutos. Este resultado reforça o projecto da Administração da PT, mas obrigará a uma reflexão sobre o "desalinhamento" da posição da Telefónica. Apesar do "amargo de boca" de não ter visto a OPA chegar ao mercado, a Sonaecom começou já ontem a evidenciar que as derrotas não são finais.

Quando a AG começou, já corria a informação de que a Sonaecom poderia pedir a sua suspensão. E Osório de Castro, o representante da família Azevedo nesta reunião, avançou efectivamente com um pedido de adiamento (até à próxima quinta-feira), depois de ter visto o presidente da Mesa recusar-lhe o requerimento para que fosse alterada a ordem de apreciação e votação da ordem de trabalhos. Mas, mais uma vez, Menezes Cordeiro disse não, até porque, como explicou depois aos jornalistas, uma suspensão tem de ter fundamento.
continua in
Jornal de Notícias

Etiquetas: ,

0 Comments:

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home